facebook1  instagram-logo1

Newsletter

Notícias e Comunicados

Estimada associada,Segue, em anexo, a convocatória com a a Ordem de Trabalhos para a próxima Assembleia Geral Extraordinária da UMAR que terá lugar em Lisboa, na nossa sede nacional em Alcântara (CCIF/UMAR), no Domingo ...

Estimada associada,Segue, em anexo, a convocatória com a a Ordem de Trabalhos para a próxima Assembleia Geral Extraordinária da UMAR que terá lugar em Lisboa, na nossa sede nacional em Alcântara (CCIF/UMAR), no Domingo ...

Estimada associada,Segue, em anexo, a convocatória com a a Ordem de Trabalhos para a próxima Assembleia Geral Extraordinária da UMAR que terá lugar em Lisboa, na nossa sede nacional em Alcântara (CCIF/UMAR), no Domingo ...

No sábado dia 12 de dezembro pelas 20h no restaurante Solar dos Bicos (ao lado da Casa dos Bicos) em Lisboa, vai realizar-se um jantar de abertura da comemoração dos 40 anos da UMAR.O preço por pessoa é de 15 euros (preço ...

nao assedio
"Lançamento da Rede de Mulheres "Aqui dentro de casa" - Uma iniciativa da UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta"
"A Rede de Mulheres "Aqui dentro de casa" destina-se a partilhar experiências e a obter ajuda mútua para mulheres que ainda estejam em confinamento ou as que, tendo já saído desta situação, queiram transmitir a forma como viveram este isolamento social.

A Rede de Mulheres "Aqui dentro de casa" também vai recolher online Relatos de Experiências vividas pelas mulheres neste período de pandemia de covid 19.

Esta Rede vai funcionar todas as 4ªs feiras entre as 17h e as 19h através de inscrição para o seguinte mail: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar , ou para o telef: 218873005.

A primeira sessão será na 4ª feira 13 de maio. As sessões irão funcionar através de um link enviado para cada mulher inscrita, sendo que cada uma poderá utilizar apenas a parte áudio sem ter de se identificar pela imagem.

A UMAR tem vindo a dar respostas às solicitações que nos são colocadas por diversos meios e apercebemo-nos que existem mulheres em teletrabalho em casa e a cuidar dos/as filhos/as com enormes cargas emocionais. Umas porque são famílias monoparentais, outras porque os estereótipos existentes levam a que as tarefas do cuidar das crianças sejam suas, assim como o limpar, cozinhar, tratar das roupas, organizar o abastecimento da casa, com muito pouca partilha com maridos ou companheiros.

Outras, ainda, ficam em casa com os agressores em silenciamentos forçados, porque têm receio de pedir apoios para sair com as suas crianças, numa altura em que a pandemia espreita lá fora e eles vigiam lá dentro.

Os prejuízos são enormes do ponto de vista pessoal, da sua autonomia, da falta de socialização, com o agravamento do stress e dos estereótipos sobre o seu papel tradicional nas famílias como gestoras das tarefas do cuidado.

A partilha de experiências entre as mulheres que estão em casa e as que já saíram para trabalhar, assim como os reflexos da crise económica e social que já estão a sentir nas suas vidas parece-nos algo muito importante neste momento.

Lisboa, 7 de maio de 2020
UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta"
 
Centro EIR da UMAR, projecto VIVA da UMAR e Feminismos sobre Rodas lançam campanha online
No dia 20 de Abril de 2020 foi lançada a campanha online "Nem tudo tem de ficar entre 4 paredes" resultante da iniciativa conjunta do Centro EIR - Emancipação, Igualdade e Recuperação - UMAR, do projecto Viva da UMAR e Feminismos Sobre Rodas, com o apoio da Filtro Produtora.

Porque em tempos de crise, a articulação colectiva e o esforço de muitas pessoas, pode ter impacto na forma como nos relacionamos com o mundo e com as mudanças que queremos assistir e participar. Foi assim, partindo dessa premissa que esta campanha foi desenhada e divulgada nas redes sociais.

Caso sejas ou conheças alguém que está a passar por uma situação de violência, PEDE AJUDA. As linhas de apoio foram reforçadas. Tu não estás sozinha!

 
Comunicado da UMAR: Retirada Imediata do Agressor da Residência Aquando da Notícia do Crime por Parte das Entidades Policiais
thumbnail Logo UMAR vectorialA UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta saúda as medidas adotadas pelo Governo em prol dos direitos das mulheres vítimas de violência doméstica perante o flagelo da pandemia do vírus Covid19 que proliferou em todo o mundo e também no nosso país.

Sentimos contudo, que essas mesmas medidas não se mostram suficientes para acautelar a segurança das vitimas de violência doméstica e suas e seus filhos, quer em relação ao crime quer em relação à sua saúde, ficando aquém das necessidades das mulheres vítimas de violência doméstica no contexto de pandemia que estamos a vivenciar.

O Estado de Emergência Nacional que nos impele ao isolamento social, exige também às mulheres vítimas de violência doméstica e suas/seus filhas/os menores a ficarem confinados na sua residência com os agressores. Acreditamos que esta situação irá exponenciar ainda mais a violência psicológica, física e sexual e o risco de violência letal nas relações de intimidade, bem como a instalação de relações abusivas.
Ler mais »»
 
Lançamento de Estudo Nacional sobre Violência no Namoro
imagem estudoNo dia 14 de fevereiro de 2020, foram lançados os dados do Estudo Nacional sobre Violência no Namoro. Este Estudo resulta de uma das áreas de intervenção do Projeto ART'THEMIS+ Jovens Protagonistas na Prevenção e na Igualdade de Género, um projeto apoiado e financiado pela Secretaria de Estado para a Igualdade e Cidadania, na pessoa da Professora Doutora Rosa Monteiro.
Este é um estudo realizado anualmente, que não teria sido possível sem a imprescindível colaboração dos vários municípios, agrupamentos de escolas, escolas, professores/as e alunos/as participantes. Para mais informações ou para contactar a equipa de investigação, contactar: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

O relatório com os dados completos relativos ao ano 2020 poderá ser consultado pdfaqui »».
 
Apresentação do livro "As vozes que se entrecruzam"
convite vozes

O projeto da UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta, Memória e Feminismos: Múltiplas Discriminações II, convida-vos a estarem presentes na apresentação do livro "As vozes que se entrecruzam", que é o culminar de várias tertúlias e seminário com mulheres sujeitas a múltiplas discriminações.

Apresentação do livro por Ana Borges, em representação da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género e de Teresa Sales, coordenadora do projeto 'Memória e Feminismos. Múltiplas Discriminações II'. A Sr.ª Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Rosa Monteiro, fará a intervenção de encerramento.

Textos de Ana Maria Pessoa, Ana Patrícia Santos, Ana Paula Costa, Inês Brasão, Manuel Abrantes, Manuela Tavares, Maria Do Carmo Bica, Maria Helena Alves, Patricia Way, Paula Campos Pinto, Teresa Janela Pinto e Teresa Sales.

Este projeto foi desenvolvido pela UMAR ao longo de 2019, com o apoio da pequena subvenção da CIG.

A entrada é livre. Contamos contigo!
 
Programação de Dezembro no Centro de Cultura e Intervenção Feminista da UMAR
A programação de Dezembro no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) começará no dia 12, com as já habituais Leituras Partilhadas. No dia 13 teremos oportunidade de saber mais sobre a história da lingerie enquanto instrumento sexista de deformação dos corpos das mulheres, com a participação de Clarissa Clorenz. Terminaremos o ano de 2019 com o Encontro "Tráfico de pessoas em debate", no dia 19, com a participação de Estefanía Acién (Universidad de Almería) e Mara Clemente (CIES/ISCTE-IUL).

programação dezembro
 
OMA – Observatório de Mulheres Assassinadas da UMAR
A União de Mulheres Alternativa e Resposta - UMAR, dando continuidade ao trabalho que desenvolve no âmbito do Observatório de Mulheres Assassinadas - OMA apresenta o relatório final dos dados sobre o Femicídio Consumado e Tentado ocorrido em Portugal no período: 01 de Janeiro a 31 de Dezembro de 2019.

pdfOMA - Relatorio Final 2019 »»
 
OMA/UMAR - Observatório das Mulheres Assassinadas - conferência de imprensa - 22 de novembro, pelas 10h00, no Centro de Cultura e Intervenção Feminista
O OMA/UMAR - Observatório das Mulheres Assassinadas vai divulgar os dados das mulheres assassinadas em contexto de femicídio no presente ano de 2019, no próximo dia 22 de novembro, pelas 10h00, no Centro de Cultura e Intervenção Feminista em Alcântara, numa conferência de imprensa que contará com a presença da senhora Secretária de Estado Rosa Monteiro, a Presidente da UMAR Maria José Magalhães e da Equipa do OMA Sónia Soares, Elsa Branco e Fátima Alves.

Todos os anos o OMA publica um relatório com dados sobre o número de mulheres assassinadas, as suas idades, os locais dos homicídios, a arma utilizada, assim como o contexto em que o crime foi praticado e a relação da vítima com o agressor. O relatório é apresentado também por regiões e carateriza a situação profissional das vítimas e dos femícidas. Um quadro comparativo das ocorrências nos últimos anos serve de base para uma análise mais aprofundada do femícidio em Portugal. Se estiveres interessada, aparece!
Ler mais »»
 
Concurso da UMAR Técnica para o CAM – Centro de Atendimento Mulher da UMAR em Almada

Entre 18 de Novembro e 25 de Novembro de 2019, encontra-se a decorrer concurso para técnica para o Centro de Atendimento Mulher da UMAR em Almada/Monte Caparica, para Contrato de Trabalho a Tempo Integral e Termo Resolutivo Certo para substituição de técnica de Apoio à Vítima (com início a 1 de Dezembro de 2020).

Requisitos:

a) Experiência na intervenção em centro de atendimento a vítimas de violência doméstica

b) Experiência em intervenção em crise
c) Facilidade na relação com situações imprevistas
d) Criatividade e flexibilidade na intervenção
e) Licenciatura em Psicologia
f) TAV
g) Carta de condução
h) Disponibilidade imediata

As candidaturas devem incluir:

- Carta de intenção;
- Currículo atualizado;
- Documentação comprovativa

Candidaturas deverão ser enviadas para o email: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

 
DE LUTO E EM LUTA PELAS MULHERES ASSASSINADAS
Mais de meio milhar de mulheres assassinadas desde 2004.

Apesar da luta que muitas associações desenvolvem quotidianamente contra esta tragédia, apesar de todas as medidas governamentais e campanhas para lutar contra a violência de género, as mulheres continuam a ser assassinadas às mãos de maridos, companheiros, ex-companheiros, namorados e outros perpetradores.
Isto exige de todos e de todas nós uma maior firmeza no combate à violência contra as mulheres, porque esta está entranhada numa sociedade com raízes patriarcais, onde as atitudes machistas e sexistas se manifestam nas mais pequenas coisas às quais nem sempre damos importância.
Ler mais »»
 
Ana Paula Canotilho de Seixas (1961-2019)
ana paula canotilho

A cerimónia fúnebre em memória de Ana Paula Canotilho, dirigente da UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta, realizar-se-á na próxima Sexta-feira, dia 8 de Novembro, pelas 17h30 no auditório da Junta de Freguesia da Campanhã, no Porto.

Nota da UMAR aqui: https://bit.ly/2NII7o9

As nossas mais sentidas condolências à família e amigas/os.
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 4 de 25