facebook1

Newsletter

Notícias e Comunicados

Estimada associada,Segue, em anexo, a convocatória com a a Ordem de Trabalhos para a próxima Assembleia Geral Extraordinária da UMAR que terá lugar em Lisboa, na nossa sede nacional em Alcântara (CCIF/UMAR), no Domingo ...

Estimada associada,Segue, em anexo, a convocatória com a a Ordem de Trabalhos para a próxima Assembleia Geral Extraordinária da UMAR que terá lugar em Lisboa, na nossa sede nacional em Alcântara (CCIF/UMAR), no Domingo ...

Estimada associada,Segue, em anexo, a convocatória com a a Ordem de Trabalhos para a próxima Assembleia Geral Extraordinária da UMAR que terá lugar em Lisboa, na nossa sede nacional em Alcântara (CCIF/UMAR), no Domingo ...

No sábado dia 12 de dezembro pelas 20h no restaurante Solar dos Bicos (ao lado da Casa dos Bicos) em Lisboa, vai realizar-se um jantar de abertura da comemoração dos 40 anos da UMAR.O preço por pessoa é de 15 euros (preço ...

nao assedio
SÁB, 27 MAIO no CCIF/UMAR |Histórias de Vida inseridas num Percurso de 40 Anos de Feminismos em Portugal
memorias feminismo 40 Anos 1

A UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta tem o prazer de anunciar a realização do seu seminário "Histórias de Vida inseridas num Percurso de 40 Anos de Feminismos em Portugal" no âmbito da V Edição do nosso Projecto Memória e Feminismos, financiado pela Pequena Subvenção da CIG - Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, a realizar-se no Sábado 27 de Maio entre as 10h e as 17h30 no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Lisboa, Alcântara.
ler mais »»
 
TER, 16 de Maio, 18h30 // Exibição do documentário #Resistência no CCIF/UMAR
resistencia

Na semana em que o afastamento de Dilma Rousseff completa um ano, a UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta e a Universidade Feminista organizam uma sessão de exibição no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Lisboa, Alcântara, do recém-lançado documentário brasileiro #Resistência, na próxima 3.ª feira, 16 de Maio às 18h30.

O filme, de 55 minutos, conta a história das ocupações político-culturais que ocorreram em todo país, imediatamente após a votação ocorrida na Câmara dos Deputados, que consagrou o golpe de Estado de 2016 com a votação que ditou o afastamento da primeira mulher eleita presidenta do Brasil, Dilma Rousseff.

#Resistência seguiu durante meses as manifestações e os movimentos de ocupação de edifícios públicos pela exigência de direitos constitucionais (como cultura, educação, igualdade de género e democratização dos media) de resposta a este processo do golpe, que culminou com o impeachment de Dilma Rousseff e seu vice, Michel Temer, tomando posse como presidenta do Brasil.

Entrada livre. Evento: www.facebook.com/events/418572645178730/
 
APOIA A UMAR!
APOIO UMAR IRS 1

De 1 de Abril a 31 de Maio 2017, decorre o período de entrega de declarações de IRS para todo o tipo de rendimentos. E sabia que nessa declaração pode apoiar a UMAR doando gratuitamente 0,5% dos seus impostos?

Apenas tem de inserir o número 501 056 246 no modelo 3, Anexo H, campo 1101 (Instituições particulares de solidariedade social ou pessoas colectivas de utilidade pública) do quadro 11.

É uma oportunidade de, gratuitamente, apoiar o trabalho da UMAR na luta contra a Violência de Género e nas Relações de Intimidade, a promoção dos Direitos Humanos das Mulheres e a Igualdade de Género, a Prevenção da Violência nas escolas, os Direitos Sexuais e Reprodutivos e tantas outras lutas feministas que a UMAR se envolve empenhadamente desde 1976. Não custa nada esta doação e assim poderemos continuar melhor o nosso trabalho em prol de uma sociedade mais justa e feminista. Muito obrigada!
 
QUI, 4 Maio: Apresentação do livro “As Sem-Abrigo de Lisboa” no CCIF/UMAR
Sem Abrigo

A UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta e o seu Centro de Cultura e Intervenção Feminista lançam o convite para a próxima 5.ª feira, 4 de Maio às 18h30 para a sessão de apresentação do livro "As Sem Abrigo de Lisboa: Mulheres que Sonham com uma Casa" com a presença da autora, Ana Ferreira Martins e de Elisabete Brasil, directora executiva da UMAR para a área da violência de género. Entrada livre.
 
COMUNICADO DA UMAR “DO HORROR E DA IMPORTÂNCIA DA RESISTÊNCIA”
putin 1Surgem as notícias: "Chechénia tem campo de concentração para gays" que nos despertam para o horror. Pessoas são perseguidas em função da sua orientação sexual, são presas, torturadas, assassinadas, numa clara e gritante violação dos direitos humanos. E tudo isto, não por um grupo radical, mas por forças do governo de um país.
A Organização das Nações Unidas (ONU) deveria ter um papel mais proactivo na defesa dos direitos das pessoas Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgénero (LGBT). Deveria denunciar e julgar os países que não cumprem com a defesa dos direitos humanos, que muito pelo contrário violam direitos fundamentais como os das pessoas não heterossexuais.

Em 18 de Dezembro de 2008, a Holanda e a França, apoiadas pela União Europeia, apresentaram uma proposta de declaração às Nações Unidas que condenava os atos de violência, assédio, discriminação, exclusão, estigmatização e preconceito em função da orientação sexual e identidade de género. Esta declaração quebrou o silêncio nas Nações Unidas sobre os direitos de cidadãs/os lésbicas, bissexuais, gays e transexuais (LGBT). No entanto, ainda se verificam muitas resistências à adoção de posições claras de defesa dos direitos LGBT. Inicialmente esta declaração tinha como objetivo ser adotada como uma resolução das Nações Unidas, mas não só não conseguiu o apoio necessário para tal, como foi feita uma proposta de declaração com conteúdo oposto pela Liga Árabe. Como uma nota mais positiva temos a aprovação pela Comissão de Direitos Humanos das Nações Unidas, em 26 de setembro de 2014 (por maioria de 25-14), de uma resolução contra a discriminação em função da orientação sexual e identidade de género, que solicita ao Alto Comissariado para os Direitos Humanos a realização de um relatório sobre as melhores práticas de combate à discriminação com base na orientação sexual ou identidade de género.
Ler mais »»
 
SÁB, 6 de Maio no CCIF/UMAR | 2.º Workshop Autodefesa para Mulheres
2 Workshop Autodefesa

Com o interesse suscitado na 1.ª edição do Workshop Autodefesa para Mulheres, será dinamizado um 2.º Workshop no Sábado 22 de Abril, no mesmo horário, entre as 10h00 e as 12h30 no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR).

As inscrições estão abertas até dia 3 de Maio, para o e-mail: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar | Limite: 16 participantes.

Instrutor: Caio Novaes da Rounds Academy
 
Assembleia Geral da UMAR
ag 2017 1

Decorreu no passado dia 9 de Abril de 2017, a Assembleia Geral da UMAR, na qual de debateram temáticas da actualidade, foram apresentados os relatórios de actividades e de contas de 2016 e eleitos os novos Corpos Sociais da UMAR para o biénio 2017-2019. Foi, como sempre, um espaço de partilha e de convívio entre as nossas associadas.
Ler mais »»
 
SÁB, 22 Abril no CCIF/UMAR | Workshop Autodefesa para Mulheres
Cartaz AutoDefesa final

Será dinamizado no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) em Alcântara (Lisboa) no Sábado 22 de Abril entre as 10h00 e as 12h30, um workshop de Autodefesa para Mulheres.

As inscrições estão abertas até dia 19 de Abril, para o e-mail: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar | Limite: 15 participantes.

Instrutor: Caio Novaes da Rounds Academy
 
Acções de Capacitação promovidas pela UMAR Madeira em Abril
Capacitação UMAR Madeira 1
Durante o mês de Abril de 2017, a UMAR Madeira, no âmbito do Projecto Promover a Igualdade de Género na Madeira nas Comunidades e nas Escolas, realizará na sua sede no Funchal, acções de capacitação presenciais para associadas e voluntárias da UMAR sobre Prevenção da Violência de Género (dias 10, 11 e 12) e Direitos Humanos e Direitos das Crianças (dia 23).
Inscrições gratuitas mas obrigatórias para: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar
 
A 31 de Março, a UMAR Viseu promove workshop sobre Territorialização da Igualdade de Género
Viseu 31032017 1

Vai-se realizar no próximo dia 31 de Março nas termas de São Pedro do Sul, concelho de Viseu, o workshop promovido pela UMAR Viseu através do seu projecto CAMI - Capacitar para Melhor Intervir: "Estratégias de intervenção em contextos regionais: a territorialização da Igualdade de Género". Este workshop contará com a participação na sessão de encerramento da Sra. Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Dr.ª Catarina Marcelino.
 
Sábado, 1 de Abril às 10h00 // Sessão da UMAR sobre Direitos Sexuais e Reprodutivos em Coimbra e Viseu
Coimbra 1 de abril 1No Sábado, 1 de Abril pelas 10h00, decorrerá em Coimbra, na Casa da Lusofonia (Rua do Arco da Traição, junto à Universidade) e simultaneamente em Viseu na Promover, (Rua Cândido dos Reis, Nº. 1) o 3.º Módulo DIREITOS SEXUAIS E REPRODUTIVOS, das sessões de capacitação do Projecto CAMI - Capacitar para Melhor Intervir Localmente da UMAR Coimbra e da UMAR Viseu.

Esta sessão contará como o apoio da APEB e será dinamizada pela Manuela Tavares (co-fundadora e membro da Direcção da UMAR, doutorada em Estudos sobre as Mulheres pela Universidade Aberta e investigadora no CEMRI da UAb e no CIEG do ISCSP-UL).

Inscrições gratuitas através do e-mail Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar .
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 3 de 12