facebook1  instagram-logo1

Newsletter

Notícias e Comunicados

Estimada associada,Segue, em anexo, a convocatória com a a Ordem de Trabalhos para a próxima Assembleia Geral Extraordinária da UMAR que terá lugar em Lisboa, na nossa sede nacional em Alcântara (CCIF/UMAR), no Domingo ...

Estimada associada,Segue, em anexo, a convocatória com a a Ordem de Trabalhos para a próxima Assembleia Geral Extraordinária da UMAR que terá lugar em Lisboa, na nossa sede nacional em Alcântara (CCIF/UMAR), no Domingo ...

Estimada associada,Segue, em anexo, a convocatória com a a Ordem de Trabalhos para a próxima Assembleia Geral Extraordinária da UMAR que terá lugar em Lisboa, na nossa sede nacional em Alcântara (CCIF/UMAR), no Domingo ...

No sábado dia 12 de dezembro pelas 20h no restaurante Solar dos Bicos (ao lado da Casa dos Bicos) em Lisboa, vai realizar-se um jantar de abertura da comemoração dos 40 anos da UMAR.O preço por pessoa é de 15 euros (preço ...

nao assedio
Femicídios em Portugal durante a pandemia COVID 19
Considerando o período pandémico que vivemos, e o enorme impacto que sabemos ter na vivência das mulheres vítimas de violência doméstica, o Observatório das Mulheres Assassinadas analisou separadamente os femicídios durante o período de confinamento. Assim, no relatório "Femicídios em Portugal durante a pandemia COVID 19", analisaram-se os dados de femicídios, tentativas de femicídios e ameaças de morte publicadas nos media entre os meses de março e maio 2020. Este relatório está disponível em Português e Inglês.

pdfFemicídios em Portugal durante a pandemia COVID-19 »»

pdfFemicide in Portugal during the COVID-19 pandemic »»
 
Carmo Bica (1963-2020), uma dor irreparável!
Memorial Carmo Bica final

Sorriso aberto e irradiante, quando falava das causas em que acreditava.
Olhar vivo de menina atenta ao que a rodeava.
Irreverência contagiante.
Mulher guerreira,
Sensível às injustiças e aos atropelos à democracia.
Mulher de muitas lutas e várias causas com olhares de esquerda sobre o mundo e a sociedade.
Sensível aos problemas das mulheres rurais e às desigualdades no interior do país, onde tem as suas origens familiares, em Vouzela.
Engenheira agrícola, com ela aprendíamos muito sobre agricultura, silvicultura, florestas, sobre uma visão do mundo rural baseada num desenvolvimento local com o envolvimento das populações.
Feminista, porque para ela a força da mudança estava nas mulheres.
Mulheres de vários setores sociais, nunca se esquecendo das camponesas, das mulheres que faziam uma agricultura de subsistência sem quaisquer apoios.
Por isso dizia-nos, às feministas mais urbanas: não se esqueçam delas!

Querida Carmo,
Não nos vamos esquecer das tuas ideias, das tuas palavras, da tua força, das tuas convicções, mesmo quando difíceis de concretizar.
Porque para ti as barreiras, os obstáculos eram para ultrapassar.
Que o teu exemplo perdure entre nós para todo o sempre!

*Maria do Carmo Bica era associada da UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta tendo colaborado em atividades tais como a sessão com mulheres de zonas de rurais em São Pedro do Sul (2019) ou como autora do texto "As Múltiplas Discriminações das Mulheres: Na Agricultura e Desenvolvimento Rural" para o livro "As Vozes que se Entrecruzam" do projecto Memória e Feminismos da UMAR, lançado em 2020.

Também esteve connosco em manifestações em Lisboa contra a violência sobre as mulheres (25 nov 2019), no 8 de março de 2020 e na última Assembleia Geral Ordinária da UMAR, a 21 de junho.

A Direção da UMAR
18 de agosto de 2020
 
Demonstração de Resultados 2019
pdfRelatório de Contas e Parecer do Conselho Fiscal - 2019 »»

pdfBalanço e Demontração de Contas - 2019 »»
 
Faleceu Tereza Costa Rêgo, pintora e feminista brasileira, criadora do símbolo da UMAR
Tereza-Costa-Rego-por-Alexandre-SeveroTereza Costa Rêgo, pintora e feminista brasileira que criou o símbolo da UMAR há 44 anos, faleceu no Recife, Brasil, a 26 de Julho de 2020, com 91 anos.

Esteve em Portugal nos tempos de clandestinidade do "Brasil dos Generais" e acompanhou o surgimento da UMAR. E foi ela, precisamente, a criadora do nosso símbolo (logótipo) que até hoje perdura. Na altura utilizava o pseudónimo Joanna, pelo qual era conhecida e assinava as suas obras.

Publica-se aqui um artigo de Idalina Rodrigues, uma das fundadoras da UMAR, que de perto conviveu com ela, chegando mesmo a visitá-la no Brasil.
 

Foto: Alexandre Severo
 
Campanha da CMA e do CAM/UMAR "Isto Não São Juras de Amor"
campanha cam 2020

Porque o amor não agride nem com actos, nem com palavras.

Se for ou se conhecer alguém vítima de violência doméstica, não seja cúmplice. Denuncie!

Contacte o CAM – Centro de Atendimento Mulher da UMAR em Almada, através do telefone: 212 942 198 e/ou do e-mail: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

Esta é uma campanha de prevenção da violência sobre as mulheres, fruto de uma parceria entre a UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta​ e a Câmara Municipal de Almada.
 
PROJECTO IJCC
Logo-IJCC 3Alicerçadas no trabalho da Universidade de Edimburgo e no da Associação "Scottish Women's Aid" – em parceria nacional com o Centro de Estudos Sociais para a Intervenção Social, e a nível europeu com o Centro Mediterrânico para os Estudos de Género (Chipre), a Fundação para a Mediação e Segurança Comunitária (Roménia), e a Fundação Búlgara para a Investigação sobre Igualdade -, a UMAR veio tentar responder a algumas das questões levantadas com o apoio imprescindível das Crianças e Jovens que aceitaram o nosso convite para participar neste projecto europeu.

A UMAR vem, deste modo, juntar a sua voz e o seu empenho a este movimento nacional e internacional por um MELHOR SISTEMA DE JUSTIÇA PARA AS CRIANÇAS EM SITUAÇÕES DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA!

http://ijcc.umarfeminismos.org »»
 
Projeto BO(U)NDS - Laços, Limites e Violência
O Projeto BO(U)NDS - Laços, Limites e Violência: Estudo longitudinal de programas de prevenção da Violência de Género em contexto escolar pretende realizar um estudo longitudinal com base numa metodologia mista e na comparação hermenêutica entre Portugal, Alemanha, Reino Unido, Grécia e Brasil. Efetivamente, busca-se compreender de forma aprofundada o que funciona na prevenção primária para ter efeitos a longo prazo na vida dos/as jovens. Com base em grupos focais e narrativas biográficas com jovens que já frequentaram, recentemente e há mais de cinco anos, programas de prevenção de violência de género em contexto escolar, pretende-se compreender quais são os obstáculos e os sucessos da integração dos valores de não violência e igualdade de género na vida deles e delas. Concomitantemente, professores/as, facilitadores/as e decisores/as de políticas educacionais serão questionados/as sobre as dificuldades e possibilidades de implementar programas holísticos, sistemáticos e eficazes de prevenção de violência de género em escolas. Este projeto é financiado pela FCT (Fundação para a Ciência e a Tecnologia) e maiores detalhamentos podem ser encontrados em: https://www.fpce.up.pt/ciie/?q=content/bounds-la%C3%A7os-limites-e-viol%C3%AAncia
 
Assembleia Geral da UMAR (online) | Domingo, 21 de Junho 14h
Lembramos que a próxima Assembleia Geral da UMAR decorrerá em ambiente online no próximo dia 21 de Junho, a partir das 14 horas.

O link de acesso à Assembleia será enviado oportunamente, a quem confirmar a sua participação até dia 18 de junho às 23h59, para o email: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

Convocatória: pdfdescarregar »»
 
MORREU UMA MULHER VALENTE E FEMINISTA
Conceicao Pereira no CCIF 2016 1

Conheci a Conceição em 1975 quando ela veio de França onde foi emigrante antes do 25 de Abril de 1974. Era 14 anos mais velha do que eu e eu sempre a vi como alguém que me inspirava um grande respeito, sobretudo, quando ela contava como foi ser empregada doméstica num País estrangeiro e depois chegar a professora. Eu que desde pequena queria ter sido professora via nela algo de inspirador e valente.

Ela vinha com uma grande vontade de organizar o sindicato das empregadas domésticas. Fez muitos contactos e reuniões. Passou por situações incríveis mas os Lobys foram tão fortes que afastaram as mulheres desse tipo de organização. Mais tarde ela foi uma das grandes impulsionadoras da existência do Sindicato dos Professores da Madeira, e sua dirigente representante na FENEPROF. Acho que nunca lhe foi prestada a devida homenagem por este trabalho.

Ajudou a fundar o Departamento de Mulheres da USAM, ( União dos Sindicatos da Madeira) em 1979 tendo sido eleita sua dirigente com outras companheiras de luta da altura onde me incluo, a Assunção Bacanhim e a Clarisse Canha. Este Departamento teve um papel fundamental na negociação com o Governo Regional em coisas como o planeamento familiar, a escola a tempo inteiro, a rede de creches e jardins de infância, lares para acolher pessoas sós e doentes, etc...Sem dúvida que estas conquistas, que hoje são tudo questões adquiridas, foram alcançadas com muita luta, inteligência e negociação e a Conceição fez parte delas.
Ler mais »»
 
Perdemos a nossa companheira e co-fundadora da UMAR, Conceição Pereira
Conceição Pereira 1936-2020 1

Maria Conceição Pereira (1936-2020), querida companheira de muitos anos e de muitas de lutas, uma das fundadoras da UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta. Faleceu esta manhã.

Conceição Pereira nasceu em Abril de 1936, na freguesia do Seixal, na Madeira. Durante a juventude teve que conciliar o trabalho com a sua enorme vontade de estudar. Conseguiu enfrentar as contrariedades e tornou-se ela própria regente escolar. Trabalhou também na Câmara do Funchal e no âmbito dos organismos operários da Acção Católica envolveu-se na luta antifascista. Em 1972 decidiu ir para França onde trabalhou e estudou regressando à Madeira em 1975 com um diploma da Alliance Française.

De empregada doméstica em França a professora no Funchal, a sua experiência de vida é um ensinamento para todas nós.

Mulher de luta envolveu-se nas questões políticas e sociais durante o Verão Quente enquanto conquistou habilitação própria e a profissionalização. Sindicalista desde que começou a leccionar, Conceição Pereira bateu-se sempre pelos direitos das mulheres.

Como co-fundadora, ajudou a criar com Guida Vieira e Assunção Bacanhim o núcleo da UMAR Madeira em 1976, mantendo-se activa durante décadas, mesmo em idade muito avançada. E se existem mulheres que são uma referência na nossa associação, Conceição era uma delas!
Ler mais »»
 
Convocatória Assembleia Geral da UMAR (online) | Domingo, 21 de Junho 14h
Convocatória para a Assembleia Geral da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, no Domingo 21 de Junho pelas 14h00 via online (dado os constrangimentos epidemiológicos) onde consta a ordem de trabalhos entre outras informações.

pdfConvocatória »»
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 2 de 24