Forumar

A UMAR tem um longo historial de formação.

Ao longo dos últimos anos, os públicos-alvo foram-se alterando, assim como os contextos em que as acções se foram desenvolvendo.

Começando com sectores de mulheres desempregadas e de comunidades locais, com modalidades de formação prolongadas, temos vindo a atingir também outros públicos, que requerem os serviços de uma associação com vasta experiência e conhecimentos acumulados através de uma relação dialéctica entre a intervenção feminista e os saberes académicos.

O acréscimo de responsabilidades nesta área exige, de quem intervém na formação, não só qualidade - que é já reconhecida publicamente -, mas também uma organização, cada vez mais sistematizada, dos recursos formativos.

Deste modo, desenvolveu-se um Kit de Formação que pretende constituir-se como um recurso para as equipas, de modo a facilitar a organização da formação, bem como disponibilizar alguns modelos teóricos que podem ou não ser aplicados, consoante os contextos em que se desenvolver a formação.

O Kit está dividido em duas partes:

 1) Modelos teóricos para concepção, planeamento e avaliação da formação. 2) Modelos de documentos a constar do Dossier Pedagógico, tais como fichas de inscrição, fichas de avaliação, fichas de sessão, assim como indicações básicas a observar em cada formação.

PARTE I

BREVE INTRODUÇÃO

Os referenciais metodológicos apresentados destinam-se a ser utilizados sempre que a UMAR organize cursos ou acções de formação e devem ser adaptados. O referencial metodológico de planeamento da formação tem de ser completado com as fichas de planeamento das sessões onde são definidos os conteúdos, os objectivos, as estratégias, as metodologias, os recursos e os instrumentos de avaliação. Estas fichas constam da Parte II deste kit. Não basta, pois, que seja feito o planeamento da formação em termos de conteúdos e de bibliografia. Torna-se necessário exercitar uma prática de planeamento de sessões com os itens atrás referidos.

1- Referencial metodológico de Diagnóstico das necessidades

2- Referencial metodológico de Concepção da formação

3- Referencial metodológico para o Planeamento da formação

4- Referencial metodológico para a Avaliação da formação

5- Alguns conteúdos de formação

 

PARTE II

BREVE INTRODUÇÃO

A existência de um Dossier por cada acção de formação, mesmo que a organização esteja a cargo de outra entidade é de fundamental importância. Devem constar do nosso dossier as características do público-alvo (pois o planeamento de formação depende dessas características), assim como o relatório das expectativas perante a formação, que devem ser solicitados à entidade organizadora da formação. Sempre que possível devem ser celebrados protocolos com as entidades que nos solicitam formação.

1- Questões básicas em qualquer acção de formação

2- Ficha de caracterização do curso ou acção de formação

3- Plano de Formação

4- Ficha de Inscrição das/os formandas/os

5- Processo de selecção

6- Ficha de presenças e de sumário

7- Ficha de avaliação de expectativas perante a formação

8- Ficha de avaliação da acção

9- Regulamento de funcionamento da formação

10. Contrato de prestação de serviços com o/a formador/a externa

11- Relatórios

12- Artigos na área da igualdade de género e da violência

13- Regras de publicitação da formação

 

A UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta é uma associação acreditada como entidade formadora pela DGERT-DSQA nos seguintes domínios:

 - Concepção de intervenções, programas, instrumentos e suportes formativos

- Organização e promoção das intervenções ou actividades formativas

- Desenvolvimento/Execução de intervenções ou actividades formativas

- Outras formas de intervenção

 Constituem áreas preferenciais de formação as seguintes:

- Violência de Género e nas relações de intimidade

- Prevenção da violência de género nas escolas

- Igualdade de Género

- História das Mulheres

- Feminismos e sua evolução

- Tráfico de Mulheres

- Direitos Sexuais e Reprodutivos

- Representações de Género nos media

- Capacitação das mulheres para cargos de decisão

- Desconstrução de estereótipos e do binarismo de género

- Desenvolvimento pessoal e social

 

Públicos alvo

- Jovens

- Técnicos/as de Serviços Sociais e de Intervenção na área da Violência

- Docentes de todos os graus de ensino

- Autoridades e magistrados/as que intervêm na área da violência

- Mulheres vítimas de violência

- Muheres de sectores sociais desfavorecidos

A UMAR dispõe de uma Bolsa de Formadoras/es com formação adequada para as diversas áreas de intervenção/formação

Acções de formação

Curso de Formação de Agentes qualificados/as que atuem no domínio da Violência Doméstica e/ou da prevenção ou revitimização desta »»

Acção de Formação "Igualdade de Género e Educação". Formação creditada pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua de Professores com  a atribuição de 2 créditos.

Folheto de divulgação [pdf] »»

Programa formativo [pdf] »»

Ficha de inscrição [pdf] »»
Ficha de inscrição [doc] »»

Regulamento formação [pdf] »»

Acção de formação "Prevenção da Violência de Género na Escola" em parceria com a Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação. Formação creditada pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua de Professores com a atribuição de 2 créditos.
Documento em pdf »»

Relatório de avaliação da acção de formação “Feminismos e Empoderamento das Mulheres”
Documento em pdf »»

Contactos: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

T: 218873005