Marcha Mundial das Mulheres

Introdução

Desde Outubro de 1998, quando a UMAR foi convidada a participar na 1ª Assembleia Internacional da Marcha Mundial das Mulheres »», em Montreal no Québec, que a nossa associação passou a fazer parte desta rede feminista mundial.
Rede de acções feministas, ligada ao movimento alterglobalização, apostada em fazer um trabalho de educação popular que lute contra a violência e a pobreza que oprime as mulheres, a Marcha Mundial das Mulheres caracteriza-se por ser uma rede anticapitalista e antipatriarcal.

Objectivos

A UMAR integra esta rede desde o início e tem como objectivo, não só alargar a rede em Portugal, como participar na definição dos objectivos e acções a nível regional e internacional.

Daí fazer parte da Coordenação Nacional e participar regularmente nas Assembleias Europeias e Internacionais da Marcha Mundial das Mulheres.

A UMAR para além de ter tido um papel importante nas acções mundiais de 2000 e 2005, trabalha em ligação com a coordenação nacional para alargar a rede e aprofundar a ligação às mulheres.