IMAN

Eng »»

Projecto IMAN
Intervenção Mulheres Autónomas do Norte

O Projecto IMAN – Intervenção Mulheres Autónomas / Norte foi um Projecto da UMAR no âmbito da violência contra as mulheres, teve como principais objectivos a promoção da autonomia das mulheres vítimas de violência e a promoção da igualdade de oportunidades entre os géneros e decorreu entre Setembro de 2003 e Agosto de 2005.
Foi financiado pela Medida 4.4. Promoção da Igualdade de Oportunidades entre Homens e Mulheres do POEFDS - Programa Operacional Emprego, Formação e Desenvolvimento Social, tipologia 4.4.3.1. Pequena Subvenção às ONG's.

Vertentes do projecto:

  • Trabalho directo com a vítima em dois centros de atendimento, no Porto e na Guarda;
  • Formação junto das/os técnicas/os que integram as equipas dos centros de atendimento;
  • Sensibilização e prevenção primária junto das escolas com professoras/es e alunas/os, com a comunidade em geral e com as instituições de referência na organização social;
  • Realização de um estudo sobre a jurisprudência no âmbito da violência contra as mulheres.
    Documento em formato pdf »»

Objectivos específicos:

  • Alcançar uma mudança de atitudes face à problemática da violência de género;
  • Criar condições para que as mulheres vítimas de violência elaborem um projecto de vida que contribua para a sua maior autonomia e defesa dos seus direitos enquanto mulheres e cidadãs;
  • Dotar instituições públicas e outras entidades de informação sobre o significado da violência exercida sobre as mulheres;
  • Mostrar a realidade da aplicação concreta da legislação em vigor no Distrito Judicial Porto, em especial quanto à sua eficácia na defesa dos direitos das vítimas, equacionar as boas práticas e proporcionar a divulgação das mesmas junto dos profissionais do direito.

Estratégias de Intervenção:

O Projecto teve como base uma metodologia participativa. Incentivou-se a que todos os intervenientes, parceiros, público-alvo, técnicos/as que trabalham na área da violência em instituições locais e peritos/as da temática, tivessem um papel no planeamento das acções em cada uma das vertentes do projecto. Assim, estabeleceram-se parcerias efectivas de trabalho com várias instituições (Segurança Social, Casas-Abrigo, Juntas de Freguesia, Centro de Emprego, Instituições de Apoio Social, …).

No atendimento, era avaliada a situação de risco e necessidade de acompanhamento ao hospital, polícia e/ou tribunal, assim como, elaborado um plano de segurança que pudesse passar pela saída de casa e encaminhamento para estruturas de apoio/acolhimento. Nas situações de apoio permanente, as mulheres foram direccionadas para as diferentes valências de atendimento: apoio jurídico, apoio psicológico e encaminhamento social.

O Projecto IMAN realizou dois momentos de formação à Equipa Técnica, cujos conteúdos centrais foram a: Conceptualização Teórica do Fenómeno da Violência; Os Olhares de Diferentes Saberes (Médico; Social; Psicológico; Jurídico); Articulação com Instituições que intervêm directa ou indirectamente na Violência (Segurança Social, Projecto de Apoio à Família e à Criança; Comissão para Igualdade e Direitos da Mulher, Casas-Abrigo).

O Projecto IMAN realizou Acções de Sensibilização em articulação com serviços locais, nomeadamente Juntas de Freguesia. No pólo da Prevenção na área da Violência Doméstica iniciou o processo no sentido do desenvolvimento de um programa de acção sistemático com jovens e professores/as num Agrupamento Escolar, que teve início este ano lectivo (2004/05) e que continua a decorrer.

Relatório de Avaliação Final

Documento em formato pdf »»