Os Grupos de Trabalho na UMAR
Os Grupos de Trabalho da UMAR constituem a força do trabalho associativo em torno das grandes questões que preocupam as mulheres e jovens portuguesas. A UMAR enraíza-se, assim, no trabalho de terreno, envolvendo-se com as mulheres nas suas grandes preocupações e lutas sociais mas também como forma de construir quotidianos e culturas feministas valorizando a diversidade das formas femininas de entender a vida e o mundo.
Articula-se, desta maneira, a construção da agência feminista com a actividade cultural, organizando eventos de carácter público incluindo acções de pressão, denúncia, propostas, contestações, protestos, homenagens, assim como festas, convívios, concertos, sessões de poesia, etc.
Os Grupos de Trabalho organizam-se em função dos seus interesses e são coordenados por uma pessoa da Direccção ou alguém em quem a Direcção delegue essa função. Têm habitualmente âmbito nacional, embora possam também organizar-se localmente. Os seus planos e relatórios de actividades são construídos pelas pessoas que os integram, sancionados pela Direcção e pela Assembleia Geral. Estão activos quando e enquanto as pessoas lhes dão vida.