Bairro de Santa Filomena (Amadora) - Não aos despejos!
despejo bairro 002A UMAR esteve ontem na visita ao Bairro de Santa Filomena promovida pelos/as moradores/as do Bairro e pelo Habita - colectivo pelo direito à habitação e à cidade, para a qual foram convidados partidos políticos, ONG's, entre outros.

Trata-se de um bairro degradado construído por centenas de pessoas, maioritariamente famílias de trabalhadores/as imigrantes que ao longo de muitos anos trabalharam sobretudo na construção civil e nas limpezas, com salários extremamente baixos e sem estabilidade e que agora, estando em situação ainda mais vulnerável, porque o trabalho escasseia e o desemprego sobe rapidamente, se vêm também ameaçados/as de despejo em massa, por parte da Câmara Municipal da Amadora, sem que alternativas viáveis sejam apresentadas. 285 pessoas (das quais 105 pessoas são crianças até aos 18 anos) , correspondendo a 84 famílias, estão em sério risco de ficarem numa situação de extrema vulnerabilidade, na rua. 18 destas famílias são famílias monoparentais constituídas por uma mulher e seus/suas filhos/as.
A UMAR já tinha enviado para a Câmara Municipal da Amadora e para os partidos com assento na assembleia municipal uma carta de solidariedade para com os/as moradores/as exigindo a suspensão dos despejos até que sejam encontradas alternativas viáveis.

Deixamos aqui os contactos do colectivo Habita para quem quiser mais informação e ajudar neste e noutros processos www.habita.info

pdfNoticia jornal I »»